MEDITAÇÃO DO DIA
Quinta, 22 de Fevereiro de 2024

A vontade de Deus ou a minha?

"Continuámos a fazer um inventário pessoal e quando estávamos errados admitimo-lo prontamente." Décimo Passo
Em Narcóticos Anónimos, descobrimos que quanto mais vivermos de acordo com a vontade do nosso Poder Superior para nós, maior será a harmonia nas nossas vidas. Utilizamos o Décimo Passo para nos ajudar a manter essa harmonia. Diariamente pomos de lado algum tempo para olharmos para o nosso comportamento. Alguns de nós avaliam cada acção com uma simples pergunta: "A vontade de Deus ou a minha?". Em muitos casos descobrimos que as nossas acções estiveram em sintonia com a vontade do nosso Poder Superior para nós e que, por sua vez, estivemos em sintonia com o mundo à nossa volta. No entanto, em alguns casos vamos descobrir inconsistências entre o nosso comportamento e os nossos valores. Estamos a agir na nossa vontade própria e não na de Deus, e o resultado é a falta de sintonia nas nossas vidas. Quando descobrimos essas inconsistências, admitimos que estivemos errados e tomamos medidas para corrigir a situação. Com uma maior consciência daquilo que acreditamos ser a vontade de Deus para nós nessas situações, é menos provável que repitamos essas acções. Será mais provável que vivamos em maior concórdia com a vontade do nosso Poder Superior para nós e com o mundo à nossa volta.
SÓ POR HOJE: É meu desejo viver em harmonia com o meu mundo. Hoje vou examinar as minhas acções, perguntando: "É a vontade de Deus, ou a minha?".
© Só por hoje - Meditações diárias para adictos em recuperação
ISBN 1-55776-426-3 Portuguese 2/03
Associação Portuguesa de Narcóticos Anónimos
Copyright (c) 2003, NA World Services, Inc. Reprinted by permission. All rights reserved
VER OUTRAS MEDITAÇÕES
dia
mês