Narcóticos Anónimos

Meditação do Dia

Domingo, 09 de Agosto de 2020


O poder do amor


"Começamos a ver que o amor de Deus esteve sempre presente, à espera apenas que o aceitássemos." Texto Básico, p. 54

O amor de Deus é o poder transformador que guia a nossa recuperação. Este amor liberta-nos dos ciclos de desespero e sem saida de usar, ressentir e voltar a usar. Com esse amor ganhamos um sentimento de razão de propósito nas nossas vidas, que em tempos eram um desproposito. Com esse amor são-nos dadas a direcção e a força de que necessitamos para iniciar um novo modo de vida: o caminho de NA. Com esse amor começamos a ver as coisas de forma diferente, como se vissemos com outros olhos. À medida que examinamos as nossas vidas através de olhos de amor fazemos, aquilo que poderá constituir, uma descoberta surpreendente: o Deus amantíssimo que viemos recentemente a compreender tem estado sempre connosco e tem-nos amado sempre. Lembramo-nos dos tempos em que pedimos o apoio de um Poder Superior e ele nos ajudou. Podemos até lembrarmo-nos de quando não pedimos esse apoio, mas mesmo assim ele foi-nos dado. Compreendemos que um Poder Superior amantíssimo cuidou sempre de nós, preservando as nossas vidas até ao dia em que nos sentimos capazes de aceitar esse amor para nós. O poder do amor tem estado sempre connosco. Hoje sentimo-nos gratos por termos sobrevivido e estarmos conscientes da presença desse amor no nosso mundo e nas nossas vidas. A sua vitalidade inunda o nosso próprio ser, guiando a nossa recuperação e mostrando-nos como viver.

Só por hoje:

Aceito o amor de um Poder Superior na minha vida. Estou consciente da orientação desse Poder e da sua força dentro de mim. Hoje reivindico-o para mim.