NARCÓTICOS ANÓNIMOS
Região Portuguesa

Eficácia do programa e o perfil sócio-económico de seus membros

Até hoje, não foi feita nenhuma pesquisa ampla sobre a participação em Narcóticos Anónimos, especialmente devido ao cuidado de NA em proteger o anonimato dos seus membros. Porém, é possível oferecer algumas informações gerais e informais sobre a natureza da participação e sobre a eficácia do programa, informações que acreditamos serem razoavelmente precisas.

A informação demográfica que se segue é o resultado de um inquérito a que responderem aproximadamente 12.000 membros de NA. Este inquérito foi realizado em 2009, na Convenção Mundial de NA, em Barcelona, Espanha, através da nossa revista internacional The NA Way Magazine e do website mundial, 58% eram homens e 42% eram mulheres. Entre os inquiridos, 2% tinham menos de 20 anos de idade, 14% tinham entre 21 e 30, 22% tinham entre 31 e 40, 34% tinham entre 41 e 50, 24% tinham entre 51 e 60, e 4% tinham mais de 60 anos.

O perfil socioeconómico representado pelos membros de NA varia de país para país. A maioria dos movimentos nacionais são fundados por membros de uma classe social ou económica em particular, mas quando, em cada país, a penetração em todas as faixas da população de adictos a drogas se torna mais efectiva, a participação em NA se torna uma representação mais ampla de todos os perfis socioeconómicos.

Todos os perfis religiosos estão representados entre os membros de NA. Em cada país, os membros reflectem a diversidade ou hegemonia da cultura local.

Dado que não são mantidos quaisquer registos de presenças, torna-se difícil avaliar a percentagem de pessoas que, chegadas a Narcóticos Anónimos, alcançam uma abstinência a longo prazo. O único indicador seguro do nosso sucesso é o crescimento rápido no número de grupos de Narcóticos Anónimos ao longo dos últimos anos e de como Narcóticos Anónimos cresce fora da América do Norte. Em 1978, havia menos de 200 grupos registados em três países; em 1982, onze países tinham 1.200 grupos; em 1993, 60 países tinham mais de 13.000 grupos, com 19.000 reuniões; em 2002, 108 países tinham mais de 20.000 grupos com mais de 30.000 reuniões; em Abril de 2008, 130 países tinham mais de 50.000 reuniões semanais; em Maio de 2010 foi estimado que existem mais de 58.000 reuniões semanais em 131 países.

  • Comparativo do Inquérito realizado aos membros na Convençao Nacional, em 2008 e 2013, em PDF


  • Para saber mais sobre Narcóticos Anónimos: