NARCÓTICOS ANÓNIMOS
Região Portuguesa

Quadro de Custódios do Serviço Mundial Boletim no 18

REUNIÕES DE INTERESSE ESPECIAL

O que segue é uma sinopse de um relatório que foi entregue à Conferência de Serviço Mundial durante sua reunião anual em Abril de 1989 pelo Comité Interino da WSC sobre Reuniões de Interesse Especial da Conferência de Serviço Mundial (WSC). Formado no ano anterior, o comité foi coordenado pelo vice-coordenador do Quadro de Custódios do Serviço Mundial. Este boletim foi revisado durante o ano de conferência 1995-1996.

O Comité Interino sobre Reuniões de Interesse Especial da WSC foi formado por votação da Conferência de Serviço Mundial de 1988. O objectivo desta moção, como especificado nas atas da WSC, era o de nos ajudar, como uma irmandade, a chegar a uma conclusão e talvez encontrar uma solução quanto à questão das reuniões de interesse especial. Além disso, este comité podia servir de fórum para o encaminhamento de ideias sobre o assunto.

Propósito do Comité


O comité passou grande parte de sua primeira reunião discutindo o que a conferência queria que ele realizasse. Como consequência da discussão, o comité estabeleceu as seguintes metas:

1. Elaborar uma definição de reuniões de interesse especial;

2. Investigar qual o papel exacto das reuniões de interesse especial dentro da Irmandade de Narcóticos Anónimos;

3. Proporcionar à irmandade uma oportunidade de comentar sobre esse assunto, por intermédio da realização de fóruns abertos; requisitar sugestões directamente dos grupos e membros através do Newsline, do Fellowship Report e do NA Way Magazine; e por meio de correspondência directa às regiões; e,

4. Elaborar um relatório que pudesse ser utilizado pelos membros de NA, como base para a discussão da questão das reuniões de interesse especial.

Definição de Grupos de Interesse Especial


No início de suas deliberações, o comité tentou definir o que seria exactamente uma reunião de interesse especial e como esta definição se enquadraria nas directrizes existentes de NA sobre o assunto. Durante esta parte da nossa tarefa, utilizamos informação tanto do Guia Temporário de Trabalho para Nossa Estrutura de Serviço quanto do Texto Básico.

O Guia Temporário de Trabalho nos informou que "um grupo de NA é qualquer reunião que ocorre regularmente em determinado lugar e horário, contanto que siga os Doze Passos e as Doze Tradições", e que o "propósito primordial de um grupo de NA é levar a mensagem de recuperação ao adicto que ainda sofre, proporcionando um ambiente para identificação e uma atmosfera saudável para recuperação". (Guia Temporário de Trabalho, Edição de 1988, páginas 1&2.)

O Texto Básico forneceu maior esclarecimento em sua discussão da Tradição Quatro, afirmando que "existem dois tipos básicos de reuniões: as abertas ao público em geral e as fechadas ao público (somente para adictos). Os formatos das reuniões variam muito de grupo para grupo; algumas são reuniões participativas, outras têm um partilhador; algumas são de perguntas e respostas e outras focalizam determinados tópicos para discussão". (Texto Básico, pág. 71.)

Em algumas comunidades de NA existem grupos que consistem de homens, mulheres, gays, profissionais, etc. Estes membros coordenam reuniões de NA onde o foco está colocado na recuperação da adicção a drogas, em Narcóticos Anónimos.

Tipos de reunião de interesse especial


Os Grupos do Comité Interino sobre Reuniões de Interesse Especial escreveram para cada coordenador de CSR e RSR's solicitando informações referentes às reuniões de interesse especial em suas regiões. Das cinquenta e oito regiões de NA, vinte e quatro responderam a este pedido. Eis os resultados do nosso levantamento:

1. Das vinte e quatro regiões que responderam, vinte indicaram que reuniões de interesse especial eram realizadas em suas regiões.

2. As vinte regiões relataram um total de 184 reuniões de interesse especial. Algumas regiões, no entanto, informaram que nem todas as áreas responderam à sua solicitação de informação e que seus dados estavam, portanto, incompletos.

3. As regiões relataram uma variedade de tipos de reuniões de interesse especial. Esses tipos incluem: Masculinas, Femininas, Gays e Lésbicas, Jovens/reuniões Juvenis, reuniões de Casais, uma reunião Agnóstica, uma reunião de Doença e Recuperação, e uma reunião de "Pílulas". Também foi informado ao comité, através de outras fontes, que em algumas regiões existem reuniões para Veteranos do Vietname, pessoas com AIDS, pessoas que são HIV positivas e vários tipos de profissionais.

4. Das regiões que informaram há quanto tempo as reuniões de interesse especial existiam dentro de suas fronteiras, um número delas indicou que as reuniões vinham ocorrendo há mais de cinco anos e uma região relatou que um grupo celebraria em breve seu décimo aniversário.

5. Embora o comité tenha sido informado de que algumas áreas seguem uma directriz de excluir as reuniões de interesse especial do seu calendário de reuniões, nenhuma região relatou directrizes escritas de área ou de região sobre este assunto.

Observações Finais


O Comité Interino sobre Reuniões de Interesse Especial compreendeu, praticamente desde o início, que resolver a questão das reuniões de interesse especial em Narcóticos Anónimos poderia ser impossível, que a variedade de opiniões sobre o assunto parecia ser irreconciliável e que talvez não fôssemos capazes de oferecer uma perspectiva que fosse tão vigorosa e profunda que toda a irmandade de NA aceitaria imediatamente nossas conclusões. Sentimos, no entanto, que se fôssemos capazes de fazer algumas observações objectivas sobre o assunto - destituídas de paixão e emotividade - talvez pudéssemos ser capazes de realizar um serviço. Assim, eis aqui as nossa conclusões:

Já faz algum tempo que as reuniões de Interesse Especial existem em Narcóticos Anónimos. Aparentemente não existe nada nas Doze Tradições que previna os grupos contra a realização de reuniões de interesse especial, contanto que o grupo não tenha nenhum outro requisito para alguém se tornar membro além do desejo de parar de usar. As reuniões de Interesse Especial tendem a sobreviver e prosperar em comunidades locais de NA, onde há uma necessidade e desejo para tais reuniões. Elas não existem em comunidades de NA onde não existe essa necessidade nem esse desejo.

Em Narcóticos Anónimos, a Conferência de Serviço Mundial não tem autoridade para impor directrizes aos grupos e os comités de serviço regionais e de áreas não têm autoridade para traçar directrizes que se sobreponham às decisões dos seus grupos. A única autoridade presente nos grupos é um Deus amoroso que se manifesta na consciência colectiva.

O Comité Interino sobre Reuniões de Interesse Especial concluiu que as reuniões de interesse especial devem ser apropriadas para certas comunidades de NA, já que nestas comunidades elas existem e prosperam sem gerar muita controvérsia. Nas comunidades de NA onde as reuniões de interesse especial não existem e onde não está claro que sejam necessárias, não há razão para criá-las.

As conclusões do relatório permanecem verdadeiras para Narcóticos Anónimos hoje. Em algumas áreas, as reuniões de interesse especial expandiram formatos e tópicos, enquanto outras áreas continuam não demonstrando necessidade visível dessas reuniões. Os grupos, exercendo sua autonomia, estão melhores preparados para decidir se existe ou não necessidade de que haja reuniões de interesse especial.

<<< voltar